Você está em:

Notícia

Doutora pela UNICID recebe Prêmio CAPES de Tese 2018


15
Fevereiro 2019

Alessandra Narciso, ex-aluna do Programa de Pós-graduação em Fisioterapia da UNICID, recebeu o Prêmio CAPES de Tese 2018 na área de Educação Física. A premiação, que está em sua 13ª edição, agraciou os 49 trabalhos de doutorado de maior destaque em cada área do conhecimento defendidos em 2017. A estudante relatou a emoção de receber tal premiação.

“Dois anos antes de eu ingressar no curso de Fisioterapia, a CAPES inaugurou o primeiro evento para premiar as melhores teses do Brasil em cada uma das 49 áreas do conhecimento. Naquela época, eu nem imaginava que depois de alguns anos seria uma das pessoas premiadas. Na área de pesquisa, publicar o que se faz em revistas de impacto é a cereja do bolo. É difundir informação e torná-la acessível ao maior número de pessoas. É também uma forma de influenciar realidades e aos poucos gerar as mudanças necessárias”, declarou.

A tese de Alessandra tem como título “Método Mckenzie para pacientes com dor lombar” e foi orientada pelo Prof. Dr. Leonardo Oliveira Pena Costa, coordenador do Programa de Pós-graduação em Fisioterapia da UNICID, com coorientação da professora Lucíola da Cunha Menezes Costa.

 

Reconhecimento

Para Alessandra, ser premiada em tão relevante evento nacional significou o reconhecimento do trabalho desenvolvido. “Significou receber o reconhecimento do produto do nosso trabalho e, com isso, torná-lo ainda mais visível e acessível para a comunidade científica/clínica do nosso país. É sem dúvida um marco na minha carreira e um presente, não só para mim, mas para todos que participaram direta e indiretamente”, comentou.

Qualidade do Doutorado da UNICID. Para Alessandra, “esse prêmio reconhece a seriedade e a competência do programa de Doutorado da nossa instituição. Sigo minha carreira acreditando na pesquisa de qualidade conduzida com ética, respeito e dedicação, sigo reconhecendo a importância do trabalho em equipe e da supervisão competente e renovo minhas baterias com esse prêmio, acreditando no crescimento da valorização da pesquisa no Brasil”, finalizou.