Você está em:

Notícia

Projeto de alunos do Mestrados de Astrofísica e Física Computacional é aprovado pela FAPESP.


27
agosto 2019

No dia 2/08, a FAPESP divulgou a primeira chamada do SPRINT 2019 – São Paulo Researchers in International Collaboration. O projeto tem como objetivo incluir a participação brasileira na futura geração de aceleradores internacionais e vai contar com a colaboração de pesquisadores da UNICID – os pesquisadores farão uma ponte entre as pesquisas e atividades teóricas realizadas em São Paulo, relacionadas a física dos experimentos no futuro acelerador anti-prótons na Alemanha, chamado Facility for Antiproton and Ion Research (FAIR).

O projeto funciona de forma bilateral, em que os pesquisadores de São Paulo e Alemanha contribuem mutuamente na realização do mesmo. “O experimentador do lado brasileiro da nossa colaboração, Mauro Cosentino (UFABC), terá a tarefa ambiciosa de criar um grupo experimental em São Paulo que se dedicará a este novo acelerador ainda em construção”, segundo o Prof. Dr. Bruno Omar El Bennich, pesquisador responsável pelo projeto.

Bruno também conta que esta pesquisa é de extrema importância para a comunidade, pois seu programa experimental abrange uma ampla gama de pesquisas cientificas como: a origem do universo, física atômica, aplicações na engenharia e até na medicina, onde pode-se descobrir novas terapias contra o câncer. “Sendo o pesquisador responsável deste projeto bilateral, financiado pela FAPESP em São Paulo e o DAAD na Alemanha, sinto uma grande responsabilidade para que se forma uma nova colaboração internacional com a Alemanha que dará origem a um novo núcleo experimental dedicado à física do FAIR em São Paulo. Ao mesmo tempo queremos atrair uma nova geração de jovens físicos teóricos para este campo de pesquisa e forma-los para enfrentar os desafios da física nuclear das próximas duas décadas”, conclui o professor.