Você está em:

Notícia

UNICID auxilia contribuintes na declaração do Imposto de Renda 2019


11
Fevereiro 2019

A Unicid começará  a receber agendamentos para o 27º Plantão Fiscal 2019 a partir do dia 11 de março. Os agendamentos poderão ser realizados até o dia 25 de abril e o serviço, que é realizado há 27 anos por alunos do curso de Ciências Contábeis, acontecerá de 11 de março a 27 de abril. Entre os atendimentos ofertados estão a orientação, o auxílio no preenchimento e a transmissão da declaração de Imposto de Renda Pessoa Física e declaração de IR para MEI.

Os atendimentos ocorrerão das 15h às 22h (de segunda a sexta-feira); das 18h às 21h (nas sextas-feiras); e das 9h às 12h (nos sábados, excepcionalmente durante o 27º Plantão Fiscal).

 

Agendamentos e doações

Os atendimentos presenciais do Plantão Fiscal Unicid serão feitos apenas com hora marcada pelo telefone 2178-1288. O declarante precisará apenas comparecer na hora marcada com leite em pó ou fraldas geriátricas, iniciativa que integra uma ação social da instituição de ensino. Só serão atendidos aqueles que agendarem sua ida ao plantão com antecedência.

 

Plantão de dúvidas

Aos interessados em tirar dúvidas on-line, a Instituição disponibilizará, a partir de 11 de março, os e-mails  imposto.renda@unicid.edu.br e naf.unicid@unicid.edu.br, para que sejam encaminhadas perguntas. Os retornos também serão dados pelos estudantes, orientados por seus docentes.

Os atendimentos fazem parte do NAF (Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal) e serão realizados por alunos com apoio técnico da Receita Federal do Brasil e supervisionados por professores.

 

27 anos de Plantão Fiscal

Ao longo dos 27 anos de Plantão Fiscal, a UNICID já atendeu mais de 14 mil pessoas. Segundo o professor Wagner Pagliato, coordenador do curso de Ciências Contábeis da Unicid, o objetivo é auxiliar o contribuinte, que geralmente tem dificuldades em como deve ser feito o correto preenchimento da declaração e quais são  as deduções permitidas. “Em nossas pesquisas, constatamos que somos procurados devido à credibilidade e confiança do nosso trabalho. Por isso, ampliamos os serviços e esperamos receber mais de mil contribuintes neste ano”, ressalta Pagliato.

 

Para o preenchimento da declaração é necessária a apresentação dos seguintes documentos:

  • Informe de rendimentos e salários, pró-labore, aposentadoria, etc.;
  • Declaração de Imposto de Renda entregue em 2018 (CD);
  • Relação anual dos aluguéis recebidos de pessoa física, com nome, CPF, endereço do imóvel e valor recebido;
  • Informe de rendimentos bancários, posição em 31/12/2018;
  • Informe de rendimentos das aplicações financeiras (poupança, prazo fixo, CDB/RDB, etc.);
  • Informe de rendimento do cônjuge e dependentes, se a declaração for feita em conjunto;
  • Recibos de pagamentos a médicos, dentistas, hospitais, planos de saúde, etc.;
  • Recibos de pagamentos dos gastos com educação (universidade, escolas, etc.);
  • Pensão alimentícia paga no ano (relacionar o valor pago e os dados do beneficiário com CPF);
  • Comprovante de compra de bens móveis ou imóveis adquiridos no ano de 2018;
  • Comprovante de venda de bens móveis ou imóveis durante o ano de 2018;
  • Número do CPF dos dependentes de qualquer idade;
  • Número do recibo de entrega da declaração 2017/2018;
  • Comprovantes de despesas do Livro Caixa (para prestadores de serviços autônomos);
  • Comprovantes de pagamento a instituições de ensino regular; comprovantes de pagamentos à previdência privada e oficial; comprovantes de doações para fins de incentivos fiscais (Fundos da Criança e do Adolescente, Lei Rouanet, Audiovisuais, entre outros).

Clique aqui e confira a documentação necessária detalhada.

 

Preparação, preenchimento e envio de declaração do IR para Microempreendedores Individuais (MEI)

Além da transmissão gratuita da declaração de IRPF, haverá, também, a partir do dia 11 de março, auxílio na entrega da declaração de Microempreendedores Individuais (MEI). O MEI precisa realizar a sua Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-SIMEI), até o dia 31 de maio de 2019, independente de rendimento.

O coordenador do curso de Ciências Contábeis da UNICID, Wagner Pagliato, destaca os principais aspectos para que o MEI possa realizar corretamente a sua declaração anual:

 

– O valor de faturamento se refere ao que foi faturado no ano de 2018;

– Você precisa saber quanto faturou com atividades de comércio e com serviços separados;

– Se utiliza máquina de cartão de crédito com o CNPJ, é necessário declarar o valor, mesmo não emitindo nota fiscal;

– Caso tenha perdido os valores ou não tenha feito o seu acompanhamento, mas tenha emitido todas as notas fiscais, você pode entrar em contato com a SEFAZ e verificar as notas emitidas como MEI;

– Se não emitiu Nota Fiscal MEI e não fez a sua anotação, a primeira recomendação é que comece a se organizar e passe a acompanhar seu faturamento. Nessa situação você precisará fazer uma média do que faturou e declarar o mais próximo possível da realidade.

 

SERVIÇO

27º Plantão Fiscal 2019

Quando: 11 de março a 27 de abril (IRPF) e 11 de março a 29 de maio (IR para MEI)

Horário: Marcado pelo telefone 2178-1288

>>Clique aqui para conferir as mudanças da declaração de IRPF em 2019

>>Clique aqui para saber mais sobre a declaração 2018/2019